Como cultivar Costela de Adão

Publicidade Cupom Leroy Merlin

Para os amantes de “selvas interiores”, isto é, plantas exóticas, imponentes e suntuosas, a Costela de Adão é aquisição obrigatória!

A sua aparência, muito particular, faz com que seja referência decorativa para casas, apartamentos e escritórios. Famosa por suas folhagens, a Costela de Adão é uma planta robusta, elegante, de muito bom gosto e bem fácil de cuidar. Ela está na lista de plantas preferidas para decorar interiores!

Sem contar que a Costela de Adão é considerada uma planta “despoluente” de interior, proporcionando a filtragem do ar, principalmente devido à extensa área superficial de suas folhagens que absorvem amônia e formaldeído (substâncias maléficas à saúde).

Prossiga com a leitura para saber mais sobre o assunto, mas antes de continuar inspire-se assistindo este vídeo tour do canal Leroy Merlin Brasil com os meninos do Folha Paisagismo passeando pela seção de jardinagem e mostrando as melhores plantas para aparamento, fertilizantes, adubos, vasos adequados e muito mais. Confira!

O que você vai ler nesta matéria:
A Costela de Adão é nativa de onde?
Decoração com Costela de Adão
Tipos de costela de adão
Como cuidar de costela de adão
Como cuidar da folhagem de costela de adão
Como fazer muda de Costela de Adão (Monstera)
O que fazer quando a Costela de Adão está morrendo
Qual o melhor tipo de vaso para costela de adão?
Pode-se ter Costela de Adão dentro de casa?
Quais os benefícios da Costela de Adão?
Onde comprar planta Costela de Adão?
A planta Costela de Adão é venenosa?

Para você saber como cuidar de Costela de Adão e conhecer tudo sobre essa icônica planta, separamos aqui o guia completo com suas principais características. Informações inspiradoras para adquirir já essa nova moradora para sua casa!

Leia também:

Qual a diferença entre terra, substrato e condicionador de solo?

Como cuidar de samambaia (luz, rega e mudas)

Qual a diferença entre adubo e fertilizante [guia completo]

Horta em apartamento: o que plantar e como cuidar

Ideias de jardim: + de 50 inspirações para a sua casa

A Costela de Adão é nativa de onde?

A Costela de Adão, também conhecida como Monstera, é uma planta trepadeira nativa das florestas tropicais da América Central e América do Sul. Por esse motivo, é uma planta que gosta particularmente de temperaturas quentes e muita umidade.

Tipos de costela de adão

Da família Araceae, a Monstera é o gênero científico conferido a cerca de 60 espécies descritas da planta Costela de Adão e, traduzido do Latim, significa “monstruosa”, nome dado devido ao formato grandioso de suas folhas.

Sua principal característica é a estrutura de suas folhas perfuradas, as quais permitem a passagem de luz para que as outras folhas também se beneficiem dela, além de fazer com que o vento passe sem rasgar suas folhagens.

Conheça algumas de suas espécies:

Monstera dubia

A Monstera dubia se distingue da maioria das espécies de sua família por seus caules mais compridos, sua base curta e por sua folhagem mais alongada. Originária do sul da Costa Rica, Bolívia e do oeste do Brasil, suas preferências por clima quente, sombra e umidade são iguais às demais de sua família.

Monstera adansonii

Monstera Adansonii também é uma planta da América Tropical. A sua folhagem perfurada com formas arredondadas lhe valeu o apelido de “planta queijo suíço”. Em seu ambiente natural, costuma ser encontrada em volta de árvores, podendo medir até dez metros de comprimento!

Monstera acuminata

A Monstera acuminata, ou planta telha, se espalha do México à América Central. Semelhante às outras, possui folhas grossas, arredondadas e cerosas, em forma de coração, muito parecida com a Monstera deliciosa.

Monstera deliciosa

É a mais famosa de todas e também a mais facilmente encontrada. A Monstera deliciosa foi muito apreciada nos interiores das casas na década de 1970 e voltou com tudo para as decorações domésticas de hoje.

De folhas enormes, profundamente lobadas e perfuradas, assim como caules cobertos de raízes aéreas, o vigor e a exuberância dessa planta a tornam ‘A’ planta “efeito selva” por excelência.

Monstera obliqua

A forma mais conhecida de Monstera obliqua é a nativa do Peru, particularmente conhecida por sua folhagem, que geralmente é altamente perfurada, a ponto de haver mais espaço vazio do que folha. Por isso, é uma planta frequentemente descrita como sendo “mais buracos do que folha”.

Monstera minima

A Monstera minima também tem um crescimento rápido, fácil de cuidar e se destaca pelo formato diferenciado de suas folhas vazadas. Perfeito para amantes da jardinagem que gostam de suas plantas crescerem.

Mini Costela de Adão

Essa espécie de trepadeira rizomatosa atinge 40 cm de altura e é originária da Tailândia e da Malásia. Suas folhas são rústicas e têm recortes que lembram a Costela de Adão. Seu caule se engancha em suportes, mas podem cair como pendentes.

Costela de adão variegata

Originária do México, a Costela de Adão variegata tem aspecto exuberante, com folhas grandes, com recortes incríveis nas bordas, furos no meio e cor verde escura brilhante, mesclada com verde claro.

Decoração com Costela de Adão

A folhagem da Costela de Adão é única e exuberante, e cabe bem em decoração de interiores e paisagismo. Inspire-se nesses ambientes decorados para reproduzir na sua casa!

1. Costela de Adão no terraço

Um vaso grande com Costela de Adão no terraço ou na entrada da casa é pura imponência.

2. Costela de Adão estilo boho chic

A Costela de Adão está inserida dessa décor boho chic, que mistura elementos de várias culturas diferentes, é criativo e perfeito para quem curte o ecletismo dos elementos orientais com o hippie.

3. Costela de Adão no arranjo da sala

Sutil e minimalista, esse arranjo ocupa pouco espaço e deixa sua assinatura de elegância na sala.

4. Costela de Adão no paisagismo, a sol pleno

É no quintal que você quer a Costela de Adão? Pois ela é uma das estrelas do paisagismo. Pode apostar!

Foto: Andréa Corrêa (@arquitetura.tauapora)

5. Costela de Adão no escritório, com luz natural

Leve a natureza ao escritório. Mesmo em ambiente interno, essa Costela de Adão gosta de receber sua dose diária de luz natural, mesmo que indireta.

Projeto: Folha Paisagismo (@folhapaisagismo) / Foto: Folha Paisagismo / Vaso: coleção DECO – Vasart

6. Costela de Adão na calçada

Em ambientes comerciais, a Costela de Adão traz um climinha tropical mais do que desejado.

Foto: Karen Marini (@leveondeflor)

7. Costela de Adão na varanda

Decorativa e exuberante, a Costela de Adão se dá superbem na varanda.

Foto: Karen Marini (@leveondeflor)

8. Costela de Adão com estante

O design das folhas da Costela de Adão disputa em pé de igualdade com o design dessa estante.

9. Costela de Adão na decoração do banheiro

Vasinho minimalista com um galho de corte traz a natureza para dentro do banheiro.

10. Costela de Adão no escritório

Quer quebrar o gelo do escritório? Vasinho com plantas ajudam.

11. Costela de Adão em vaso grande na sala

Potencialize a elegância do ambiente com esse vaso grande.

12. Costela de Adão nos quadros da sala

Curta a moda da décor com Costela de Adão.

13. Costela de Adão nas almofadas

Capas de almofada podem compor seu estilo natural e orgânico. Combina com você?

14. Costela de Adão no papel de parede do banheiro

Até no papel de parede, a Costela de Adão dá o seu ar da graça.

15. Costela de Adão nos quadros da varanda verde

Quadrinhos combinam com tudo. Preenchem o ambiente e dão alegria a qualquer espaço. No clima da Costela de Adão, eles garantem uma linda décor.

Como cuidar de costela de adão

Abaixo estão algumas dicas simples para o cuidado de sua Monstera ao longo do tempo, já adianto que é uma planta de fácil manutenção e que requer pouca atenção. Cuide da sua Costela de Adão e ela cuidará de você!

Rega

Quando se trata da rega, é muito simples: a Monstera precisa de água, mas não muito, ou seja, vá na linha da moderação. Inclusive, é aconselhável deixar sempre secar o solo entre as regas.

A frequência ideal é regar cerca de uma vez por semana. Mas, em caso de calor excessivo, nos períodos de verão intenso, em que o solo secar mais rápido, aumente para 02 vezes por semana.

Não se esqueça, as raízes da Costela de Adão temem o excesso de água, por isso certifique-se de que o solo está bem drenado. Para isso, basta colocar uma camada de cascalho ou bolas de argila no fundo para facilitar o fluxo de água.

Durante o período primavera-verão, que é o período de crescimento da Costela de Adão, o melhor mesmo é nebulizar as folhas regularmente para reproduzir um pouco da umidade do seu ambiente natural. Portanto, borrife água por toda sua folhagem.

Regador Loop Violeta Verde – Kadox

Luz

A Costela de Adão prefere luz indireta, embora possa se adaptar a níveis de luz mais baixos. Por isso, não exponha sua Monstera à luz solar direta, pois muita luz pode queimar suas folhas!

Quanto à localização, pense na floresta tropical: os raios que ali penetram são filtrados pela vegetação. Então, opte por locais longe da luz solar direta para instalar sua planta.

Portanto, o melhor lugar para instalar sua Costela de Adão é perto de uma janela, mas sem exposição solar direta. Também, evite a proximidade de uma fonte de calor, como aquecedores e fogões, pois essa planta tropical precisa de umidade (a temperatura ideal é cerca de 20°C). Ficam lindíssimas em salas!

Qual o melhor substrato para Costela de Adão

É necessário um bom substrato para cultivar a Costela de Adão, já que como a planta vai viver dentro de casa, precisa de um solo de qualidade, pois só ele lhe fornecerá os nutrientes de que necessita.

Então, se atente a qualidade do substrato que vai receber a nova planta, escolhendo dentro os específicos para plantas interiores, podendo se tratar de uma mistura de adubo orgânico e fertilizantes, acrescido de cascalhos ou bolas de argila para facilitar a drenagem do solo.

Substrato Orgânico Premium Adubado 3kg – Plantio Fácil

Poda

Em relação à poda rotineira da Costela de Adão, remova, ao longo do ano, as folhas secas ou mortas. Já a poda principal – aquela que fará a planta crescer mais – deve ser feita no início da primavera.

Para podar sua Monstera, use uma tesoura limpa e afiada para cortar qualquer excesso de folhas secas. Lembre-se de cortá-las em sua base.

A Costela de Adão suporta bem a poda em geral, podendo ser cortada conforme desejado e necessário. Não tem segredo!

Tesoura para Poda Profissional 21cm Tramontina

Adubo

Fertilize sua Monstera com um adubo natural de duas a três vezes durante a primavera-verão, isto é, a cada 3 semanas, mais ou menos, durante este período de crescimento.

Em condições ideais, a Costela de Adão é uma planta de crescimento incrivelmente rápido que pode atingir alturas de até 3 metros em ambientes internos. O forte período de crescimento ocorre na primavera e no verão, mas é comum ver rebentos jovens se desenvolvendo ao longo do ano. Incrível, não?!

Fertilizante Farinha Osso 1Kg – Dimy

Transplante

Após a compra de sua Costela de Adão, se o vaso for muito pequeno, sinta-se à vontade para replantar em locais maiores. Se quiser que a planta cresça mais, opte por um vaso que seja no mínimo 5 cm de diâmetro maior. Mas, se você quiser que sua planta fique com a mesma altura, apenas a conserve no vaso em que estiver.

Outra dica é a cada ano (ou no máximo a cada 2 anos), de preferência na primavera, transplantar essa planta para um vaso com diâmetro um pouco maior, para repor os nutrientes no substrato e estimular um novo crescimento, já que as plantas de interior crescem mais devagar que na natureza.

A Costela de Adão é conhecida por suas raízes aéreas visíveis na superfície do solo e emergindo dos caules como cipós. Se você se perder no tempo, sua Monstera mostrará que está pronta para um vaso maior quando seus caules e raízes maiores começarem literalmente a sair do vaso.

Vaso Plastico Arruda Granito Pedra 20x28cm Naterial

Estaqueamento

Alguns donos de Costela de Adão gostam de estaquear suas plantas com protetores de cultivo, não apenas por razões estéticas, mas também para apoiar a planta e ajudá-la a crescer mais verticalmente. Para fazer isso, basta inserir uma estaca de madeira ou de bambu e prender as hastes da planta com um barbante.

Fixação para Plantas Amarra Fácil 30m

Como cuidar da folhagem de costela de adão

Para o cuidado da folhagem da Costela de Adão, o foco deve ser na limpeza. Para isso, pegue cada folha entre dois panos macios e úmidos e limpe a parte superior para remover toda a poeira. Além de borrifar água regularmente em suas folhas, o que ajudará a manter sua planta sempre limpa e bonita.

Outro cuidado indispensável, é a rotação da planta. Ou seja, a Monstera cresce na direção da luz, para mantê-la em um formato harmonioso, lembre-se de girar sua planta assim que notar uma inclinação. No mais, faça a poda regular, conforme já indicado.

Como fazer muda de Costela de Adão (Monstera)

Quem pretende fazer mudas de Costela de Adão, saiba que esta planta é uma das mais fáceis de propagar, graças às suas raízes aéreas. Embora existam muitos modos de fazer isso, o jeito mais certeiro é através da água. Veja, a seguir, as instruções para fazer mudas de Costela de Adão:

Passo 1: Escolha um talo da planta para a muda

Usando uma tesoura limpa e afiada, corte um talo de 2 a 5 cm abaixo de uma raiz aérea. Você não precisa fazer a muda com uma raiz aérea, mas é uma maneira garantida de germinar com sucesso!

Passo 2: Coloque o talo na água

Em um copo transparente, cheio de água filtrada, coloque o talo escolhido. Certifique-se de que apenas o caule está submerso e que nenhuma folha foi deixada na água.

Passo 3: Coloque em um local bem iluminado indiretamente e espere!

Evite luz solar direta. Você pode precisar trocar a água a cada dois ou três dias para mantê-la fresca. Geralmente, leva alguns dias para a raiz começar a crescer.

Passo 4: Plante a muda

Após cerca de uma semana, transfira a muda para o substrato devidamente preparado no vaso. Um vaso mediano é melhor, não devendo exceder o diâmetro de 15 cm.

Passo 5: Hidrate

Durante as primeiras semanas, ou até que sua planta pareça firmemente enraizada no vaso,regue a Costela de Adão regularmente (2 vezes por semana). O solo deve estar sempre ligeiramente úmido ao toque, mas cuidado para não encharcar o substrato.

Prontinho! Mas, quem quiser, pode arriscar a plantar o talo colhida no Passo 1 direto no vaso, pulando para o passo 4. Você verá que na planta mãe, onde você cortar o talo, logo logo nascerá um novo talo e novas folhas. A Costela de Adão não tem frescura, se regenera super fácil!

Fique atento: a manutenção do seu jardim fica mais fácil e rápida se você contar com algumas ferramentas manuais. Indispensável para preparar o cultivo de plantas, a pazinha, fabricada com metal ou fibra de vidro, é bastante resistente. O sacho, que ajuda a preparar a terra, e o ancinho, utilizado para arar o solo do jardim, também são peças importantes.

O que fazer quando a Costela de Adão está morrendo

A Costela de Adão não é muito suscetível a doenças, mas pode ser atacada por pragas como ácaros e cochonilhas (pequenos insetos parasitas). Então, se a sua Costela de Adão estiver flácida ou com folhas murchas, provavelmente a culpa é da rega excessiva ou pouca água.

Portanto, verifique o solo. Se estiver seco, siga as instruções acima para dar uma boa rega. Se estiver encharcado, espere até que o solo esteja seco antes de regá-la novamente.

Durante esse tempo, certifique-se de que a planta está recebendo luz suficiente (luz indireta) para secar adequadamente e se não há água parada no fundo do vaso. Ou seja, sempre cheque se sua planta está obtendo a proporção correta de água/luz. Senão, isso pode ser fatal!

Por outro lado, se estas não forem as causas principais, podem ser ácaros, tripes, pulgões e cochonilhas que estão adoecendo sua Monstera. Para acabar com esses parasitas, utilize o remédio indicado para eliminar cada um deles de acordo com a recomendação da embalagem.

Qual o melhor tipo de vaso para costela de adão?

Não importa o material do vaso, o principal é ele não ser nem muito grande e nem muito pequeno, podendo ter uma variação de 10cm a 40cm de diâmetro. A única coisa que não pode faltar no vaso para Costela de Adão é uma boa drenagem, por isso prefira vasos mais porosos e que possuam orifícios para ajudar a água escorrer.

Pode-se ter Costela de Adão dentro de casa?

“Por ser uma planta de meia sombra, a Costela de Adão, pode, sim, ficar dentro de casa”, explica Karen Marini, do escritório de paisagismo Leve Onde Flor (@leveondeflor). Apenas tome cuidado se você tiver pets ou crianças pequenas, pois a planta possúi ácido oxálico, que pode causar irritação.

Quais os benefícios da Costela de Adão?

Karen Marini, do escritório de paisagismo Leve Onde Flor (@leveondeflor), conta que além de enfeitar o ambiente com sua beleza e purificar o ar, a Costela de Adão é muito recomendada pelo Feng Shui para atrair boas energias. Ela também é considerada uma planta que atrai boa sorte, longevidade e esperança.

E complementa: a Costela de Adão dá um fruto, e é justamente na fruta madura que está a novidade gastronômica: ela é comestível e docinha! Tem uma textura diferente. Os gominhos se soltam com facilidade e o sabor é uma mistura de ácido com doce. Não é à toa, que o nome científico desta planta é Monstera deliciosa.

Onde comprar planta Costela de Adão?

Você encontra a Costela de Adão na Leroy Merlin, em garden centers e floriculturas.

A planta Costela de Adão é venenosa?

A Costela de Adão pode ser considerada uma planta venenosa, pois contém ácido oxálico, que pode causar irritação. Portanto, todo cuidado é pouco se você tem crianças e pets em casa.

Segundo o Guia prático para identificação de algumas plantas tóxicas em jardins, da Embrapa, se mastigada, a folha pode causar problemas para pessoas e animais domésticos, causando perda da voz, irritação da boca e urticária, acompanhada por intensa coceira. Já o fruto pode ser ingerido apenas quando estiver totalmente maduro, e mesmo assim pode causar urticária, se ingerido em grandes quantidades.

Conclusão

E é isso! Além de ser uma planta maravilhosa, você viu que cuidar de Costela de Adão é super fácil, já que é muito resistente! Seguindo esses cuidados básicos e com seu vigor natural, são suficientes para você ver sua monstrinha crescer saudável e cheia de vida.

Ainda, sucesso em qualquer interior, essa planta de folhagem única combina perfeitamente com os mais variados estilos decorativos, especialmente com decorações clássicas, contemporâneas naturalistas, assim como interiores mais boêmios ou mesmo retrôs.

Compartilhe com todos esse guia completo de como cuidar de Costela de Adão e comente em que altura sua planta já está!

Leia mais:

Como escolher vaso de planta?

Tipos de Suculentas: listamos 20 opções para você escolher!

Tipos de orquídeas: conheça os 15 principais

Como cuidar de cactos e deixá-los sempre bonitos

Como cuidar de Zamioculca (Guia Fácil)

Publicidade Saldão Leroy Merlin

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo