Dicas

Veja mais de 25 tipos de cortina com exemplos para se inspirar!

pessoa abrindo cortina

Quer uma forma quase instantânea, mas acessível, de transformar um espaço da sua casa? Nosso segredo é escolher bem os tipos de cortina.

Isso mesmo! Para quem achava que elas serviam só para tapar o solzinho da tarde que entra pela janela, se enganou.

Esse item pode dar uma cara mais moderna, sofisticada, divertida, rústica ou clássica para um espaço. Se você quer dar um up na decoração de algum cantinho sem gastar fortunas, confira os diferentes tipos de cortina e saiba quais podem valorizar melhor o seu ambiente.

Antes de continuar a leitura, assista a este vídeo especial do canal Leroy Merlin Brasil ensinando as melhores dicas para escolher sua cortina ideal:


13 tipos de cortina para diferentes ambientes: inspire-se!
1 – Quais os tipos de cortina?
2 – Quais são as melhores cores das cortinas?
3 – Tipos de cortina por ambiente
4 – Quais são os tipos de cortineiros?
5 – Quais são os tipos de suportes de fixação?
6 – Qual a medida adequada para cortina?
7 – 13 inspirações de cortinas para te ajudar a escolher
8 – Dicas incríveis para escolher entre os tipos de cortina



1. Quais os tipos de cortina?

Existem vários tipos de cortinas no mercado. Porém, uma das principais diferenças é na forma como são penduradas. Isso porque as cortinas podem tanto ser em trilhos (que ficam embutidos e não aparecem) quanto em varões (uma haste cilíndrica que fica exposta).

Na hora de decidir entre o tipo de cortina para cada ambiente, você pode se perguntar: meu espaço comporta bem? A decoração pede uma haste exposta ou um tipo de cortina mais delicada, com trilhos embutidos?

Após decidir entre os modelos de cortinas disponíveis, você também precisa ter em mente os tamanhos necessários. Uma regrinha básica para lembrar é que o tecido nunca deve parar na borda da moldura da janela, e sim ultrapassá-la alguns centímetros.

Outra etapa fundamental na hora de escolher o melhor tipo de cortina para seu espaço é com relação ao tecido e grau de vedação da luz solar. Por isso, separamos alguns modelos de acordo com diferentes necessidades de bloqueio da luz.

A seguir, você vai conferir mais um pouquinho dos tipos de cortina:

  • cortina blecaute;
  • cortina persiana;
  • cortina rolo;
  • cortina romana
  • cortina infantil;
  • cortina voil;
  • cortina em varão;
  • cortina em trilho.

  • Cortina blecaute ou blackout

    O tipo cortina blecaute é próprio para bloquear toda a luz e escurecer um ambiente quase 100%. Sabe aquele dia em que você só quer assistir a um filminho e se sentir como se estivesse em uma sala de cinema? Entre os tipos de cortina, a cortina blackout criará esse efeito no cômodo!

    Dessa forma, além do espaço do home theater, é uma opção interessante para os quartos. Afinal, existe algo melhor do que dormir até tarde no domingo, sem claridade no rosto?

    Antigamente, as cortinas blackout eram mais robustas e pesavam a estética do ambiente. Porém, hoje em dia, elas já existem em vários tecidos diferentes, que ficam discretos e semelhantes às cortinas tradicionais.

    Cortina Blackout Bali Bege Inspire

    Cortina persiana

    As persianas são uma alternativa bem versátil às cortinas tradicionais. Afinal, também podem ser usadas em praticamente qualquer ambiente da casa.

    Além de serem mais neutras, têm algumas variações na própria categoria. Por não serem de tecido, também são mais fáceis de limpar e perfeitas para quem tem alergias. Existem modelos em PVC, madeira e até em metal, como alumínio.

    Além dos modelos top-down, rolô, romana e painel, confira outros tipos comuns de persianas.

    Persiana vertical

    A persiana vertical é feita com chapas na vertical (uma ao lado da outra) e fecha nas laterais.

    Persiana Vertical Em Tecido Crisdan Preto

    Persiana horizontal

    A persiana horizontal é feita com chapa na horizontal e é recomendada para quem tem espaços mais restritos nas laterais. Porém, não é muito boa para janelas com divisórias no meio, já que pode bloquear a abertura delas.

    Persiana Alumínio Los Angeles Branco Inspire

    Ainda na dúvida entre qual tipo de persiana escolher? Confira o vídeo com a especialista da Leroy Merlin, Giscélia de Abreu:

    Cortina rolo

    Este também é outro modelo de persiana. Como o próprio nome indica, os tipos de cortinas rolô podem ser enroladas e ficam bem escondidas quando fechadas. Por serem mais discretas, são ideais para ambientes com decoração mais clean ou minimalista.

    Além disso, os modelos de cortina rolô não chegam a filtrar 100% a luz, mas o bloqueio é bem maior que o de tecidos mais leves. Então, podem ser combinadas com a cortina de voal, para dar mais privacidade a um ambiente.

    Persiana Rolô Poliéster Tela Solar Branca Inspire

    Cortina romana

    A persiana romana, também conhecida como cortina romana, geralmente é de linho ou tecido. O seu diferencial é que apresenta divisórias em varetas horizontais.

    Por ser mais estruturada, a persiana romana também pode ser feita de diferentes tipos de material, como de bambu. Dessa forma, é bem versátil, em relação aos estilos de decoração, além de também garantir maior privacidade nos ambientes.

    Cortinas Romana Bambu Freijó

    Cortina infantil

    Quando o assunto é cortina infantil, a boa notícia é que ela pode vir em diferentes texturas, tamanhos, cores e até mesmo estampas.

    Nesse caso, além de combinar com o restante da decoração do ambiente dos pequenos e ter um papel muito importante para que eles tenham uma ótima noite de sono, ela também pode servir para expressar a personalidade deles, seja por meio das cores, seja por meio dos personagens de que mais gostam.

    Cortina Pharrel Amarela Inspire

    Cortina voil

    A cortina voil, também conhecida como cortina voal, tem um tecido mais fininho e com uma leve transparência. Portanto, costuma ter mais função decorativa do que propriamente de escurecer um ambiente.

    Como bloqueia a iluminação parcialmente, a cortina de voil é uma ótima opção para espaços em que você quer mais luz natural durante o dia, como é o caso das salas.

    Por ser leve e clean, esse tipo de cortina combina com decorações mais elegantes e refinadas, como o estilo Dandy.

    Para dar mais privacidade, você pode optar por duas camadas. Assim, é possível combinar com outros tecidos, como veludo, seda ou linho, para um charme extra na decoração.

    Cortina Voil Branca Inspire

    Cortina em varão

    O varão para cortina é um item que normalmente proporciona mais beleza e conforto à decoração de um cômodo.

    Kit de Varão Extensível Alumínio Bola Ouro Velho Inspire

    Cortina em trilho

    Diferentemente do varão, o trilho para cortina é mais discreto e quase não aparece na decoração, permitindo que a cortina se destaque mais.

    Kit de Trilho Espanha Branco Simples

    2. Quais são as melhores cores das cortinas?

    Apesar de geralmente as cores preferidas para cortinas serem as mais neutras e discretas, como bege, nude, off-white, rosé ou branco — pois combinam com diferentes estilos de decoração sem sobrecarregar o ambiente —, existe uma enorme diversidade de cores, estampas e texturas.

    Abaixo, destacamos as principais.

    A cortina branca, que é sempre clássica e atemporal.

    Cortina Bali Bege e Branca Inspire

    A cortina preta, que é elegante, moderna e versátil.

    Cortina Blackout Blackout Preto Inspire

    A cortina cinza, considerada uma tonalidade coringa e combina com basicamente todos os estilos de decoração.

    Cortina Blackout Alycia Cinza Inspire

    A cortina rosa, mais ousada e descontraída.

    Cortina Blackout Alycia Rosa Inspire

    Por fim, a cortina azul, que também é mais diferente e certamente surpreendente.

    Cortina Azul Bebe Quarto Beatriz

    3. Tipos de cortina por ambiente

    Agora que você já conhece os principais tipos de cortina, deve ter ficado mais fácil decidir qual é a melhor escolha para seu espaço.

    Antes de qualquer decisão, você precisa saber bem qual é a finalidade da peça. É bloquear a entrada de luz ou dar um charme na decoração? Garantir maior privacidade ou melhorar o conforto térmico e acústico?

    Com essas respostas em mente, você conseguirá definir tecidos, tamanhos e estilos. Porém, como são inúmeras possibilidades, separamos algumas ideias para cada tipo de ambiente.

    Cortina para Sala

    Na cortina para sala, fazer uma combinação de diferentes tipos de cortinas pode ser uma boa alternativa. Assim, é possível deixar a luz entrar durante o dia, mas proteger os móveis de desbotamento quando o sol estiver muito forte.

    Nesse sentido, pode ser tanto uma voil com uma de sarja, quanto uma persiana combinada com outra de tecido. São várias opções, inclusive, blackout, caso seja uma sala de TV.

    Se sua sala for bem grande e com muitas janelas, uma dica é manter o tipo de tecido ou cor caso vá variar os diferentes estilos.

    Cortina Frida Marrom Inspire

    Cortina para Quarto

    Quando se trata de cortina para quarto, podemos dizer que, nesse cômodo, é onde mais buscamos privacidade e conforto visual, certo? Por isso, é interessante apostar em um blackout, para bloquear bem a iluminação.

    Porém, muita gente não é muito fã desse material na decoração, então vale a pena combinar com outro modelo mais decorativo. Por exemplo, você pode optar por um blackout colorido com um voil leve por baixo, para deixar o ambiente aconchegante e lindo.

    Nesse sentido, os varões para cortina também podem contribuir para dar um charme extra no quarto. Você pode usar um dourado, em uma decoração mais contemporânea; um de madeira, para o estilo rústico; ou ainda um preto, se for minimalista.

    Cortina Tunis Bege Inspire

    Cortina para Quarto de Bebê e Crianças

    Nos quartinhos infantis, é preciso tomar bastante cuidado com o tipo de cortina. Afinal, bebês e crianças têm maior sensibilidade à luz forte.

    Por isso, é interessante apostar em um blackout ou uma persiana mais escura. Outra sugestão é combinar diferentes tipos de cortinas, com alguma mais grossa, para quando o dia estiver muito ensolarado.

    Outra opção para quartos de crianças é a cortina romana, com cores diferentes. Os quartos infantis pedem uma decoração mais fluida e lúdica, então use a criatividade!

    Cortina para closet

    Quem precisa de portas em um closet quando se pode usar cortinas? Além de mais baratas, elas podem dar um charme na decoração. Tudo isso sem precisar contratar alguém para instalar portas de madeira.

    Também é uma opção interessante para quem vive de aluguel e não pode reformar o closet. Ninguém gosta de receber visitas e ter os objetos pessoais (especialmente, se estiverem desorganizados) à vista, certo?

    Essa ideia também vale para lavanderias e áreas de serviço, armários de cozinhas ou qualquer cantinho que você não queira deixar à mostra na casa.

    Separamos mais dicas para você neste vídeo especial. Nele, nossa colaboradora te ensina dicas de como escolher cortinas para quarto ou sala, além de mostrar como colocar cortina de maneira fácil:

    Cortina de Cozinha

    Cozinhas e banheiros são cômodos da casa expostos à umidade e gordura. Portanto, na hora de escolher a cortina, opte por uma sintética. Assim, você poderá limpar com regularidade.

    Caso a cortina de cozinha seja próxima ao fogão ou à pia, as persianas de PVC ou de metal são ótimas opções, justamente pela facilidade de limpeza. Se for mais afastada, a cortina romana com tecido sintético pode ser uma boa alternativa.

    Cortina Varão Cozinha Rendada Branca

    Cortina para box de banheiro

    Por fim, ainda existem as famosas cortinas para box de banheiro, que também podem dar todo um charme extra ao ambiente. Existem modelos estampados de cactos, cachorros e outros lindos e divertidos!

    Cortina para Box PVC Listras Preto Branco Komlog

    4. Quais são os tipos de cortineiros?

    Há diversos tipos de cortineiros, entre os quais estão o sobreposto e o embutido com iluminação.

    O cortineiro de gesso sobreposto fica aparente, ou seja, é possível ver a utilização de uma peça de gesso que fica abaixo do forro e esconde o trilho da cortina, proporcionando um acabamento mais harmônico.

    Por sua vez, o cortineiro embutido com iluminação é mais moderno, sendo um modelo extremamente charmoso e elegante. Apesar de ficar aparente, o cortineiro embutido com iluminação esconde o trilho da cortina e deixa o espaço mais aconchegante.

    Em qual momento da obra se faz o cortineiro?

    Após verificar as dimensões, é indicado escolher o material adequado para a cortina, levando em consideração as estruturas da parede e os pontos necessários para evitar possíveis esmagamentos no tecido.

    Por isso, vale conversar com o profissional adequado para a obra antes de fazer o cortineiro.

    Qual o tamanho ideal do cortineiro?

    O cortineiro deve acompanhar o tamanho da janela e da cortina, apresentando uma profundidade de 15 centímetros em relação à parede e ao forro.

    É importante também que o espaçamento lateral tenha de 10 a 20 centímetros da janela, a fim de permitir o encaixe do trilho com mais facilidade.

    5. Quais são os tipos de suportes de fixação?

    Atualmente, é possível encontrar diversos tipos de suportes de fixação para cortinas, mas os principais são:

  • varões de cortina de madeira;
  • varões de cortina de metal;
  • varões de cortina de latão;
  • varões para cortina de vidro;
  • suporte para varão de cortina modelo de roseta;
  • suporte para varão de cortina simples;
  • suporte de abertura dupla.
  • Kit Suporte Simples de Cortina Parede e Teto Glam Cromo Escovado Inspire

    6. Qual a medida adequada para cortina?

    A cortina deve ser 15 a 20 centímetros mais comprida do que a sua janela. Dessa forma, se a janela da sua casa mede 2x2m, é indicado que a medida mínima da cortina seja 2,20×2,20m.

    Para calcular a quantidade de tecido ideal, basta multiplicar a altura e a largura da cortina, arredondando para cima o tamanho do tecido.

    7. 13 inspirações de cortinas para te ajudar a escolher

    Para inspirar no projeto do seu ambiente, separamos algumas inspirações. Depois de ver essas fotos, temos certeza que você vai querer investir em uma que faça toda diferença na decoração!

    1. Cortina estampada no quarto: para acordar com a natureza à sua volta

    No caso de uma cortina estampada com tema de folhagens, o ideal é fazer a decoração do ambiente a partir dela.

    Nesse sentido, usar os tons da estampa, assim como texturas mais naturais para móveis, tapetes e acessórios é uma ótima pedida. Além disso, complementar a decoração com plantas verdadeiras dá o arremate final perfeito.

    Cortina Aleida Corta Luz Bege 1,40x2,80m 1 Folha Inspire

    2. Cortina em casa na praia: para apreciar a maresia

    O visual natural e a leveza do linho fazem essa cortina bege ser ideal para quem opta por apreciar uma bela vista.

    Especialmente se for na praia, ela ameniza a luminosidade sem atrapalhar a visão nem a passagem da brisa do mar.

    Cortina Bali Bege 2,80x2,30m 2 Folhas Inspire

    3. Cortina colorida na sala: para destacar a decoração

    A cortina colorida na sala, como no exemplo desta laranja/vermelha, dá um up na decoração e forma ótimas composições, especialmente com móveis e acessórios com cores mais neutras.

    Cortina Ilyana LaranjaVermelho 1,30x2,80m 1 Folha Inspire

    4. Cortina marrom para ambientes sofisticados

    Em combinação com outros tons mais fechados, esta cortina marrom ajuda a dar uma sensação de aconchego e sofisticação ao ambiente.

    Cortina Brisa Marrom 4,50x2,30m 2 Folhas Inspire

    5. Cortina para dividir ambientes internos

    Além do glamour que a cortina de veludo cinza proporciona a qualquer ambiente, ela também pode ser usada, por exemplo, para dividir espaços internos em um mesmo cômodo.

    Cortina Tony Cinza 1,40x2,80m 1 Folha Inspire

    6. Cortina romana no quarto: para um clima aconchegante

    Além de ter uma ótima durabilidade e ser muito prática de utilizar, a cortina romana filtra a luminosidade na medida certa, proporcionando conforto e aconchego para o ambiente.

    Persiana Romana Tecido Translucido Cinza - Vogaflex

    7. Cortina rolô escura na sala: para mais privacidade

    Com um sistema de funcionamento prático e discreto, esta persiana rolô oferece privacidade e bom gosto.

    Persiana Rolô Madrid Cinza Azulado 1,40x1,60m Inspire

    8. Cortina de voil combinado com tecido mais encorpado

    A leveza do voil também pode ser combinada com um tecido mais encorpado, oferecendo fluidez e privacidade ao mesmo tempo.

    Cortina Voil Branca 2,80x1,70m 2 Folhas Beca Decor

    9. Voil cinza para sala de estar

    A cortina de voil cinza traz um toque de modernidade e frescor, além de combinar com praticamente todos os tipos de decoração.

    Cortina Bali Cinza 4,00x2,50m 2 Folhas Inspire

    10. Persiana horizontal para regulação de luminosidade

    As persianas horizontais possibilitam que você controle a quantidade de luz que deseja que entre, proporcionando conforto e privacidade na medida certa.

    Persiana horizontal para regulação de luminosidade

    11. Cortina de sarja por cima e voil por baixo

    A cortina com voil acompanhada de abraçadeiras de voil por cima agrega elegância e sofisticação à sua decoração com um visual mais clássico.

    Cortina Em Voil Sara Palha 2,00m X 1,70m

    12. Cortina de sarja instalada dentro do cortineiro de gesso

    Para um visual mais contemporâneo, nada melhor do que uma linda cortina de sarja branca embutida, que permite ter privacidade sem perder luminosidade.

    Cortina Sunset Branca 2,80x2,30m 2 Folhas Inspire

    13. Cortina de sarja entre os ambientes

    Uma cortina em algodão e linho, além de oferecer bloqueio parcial da luz, tem um caimento incrível e também pode ser usada para dividir ambientes.

    Cortina Diamond Bege 2,70x2,60m 2 Folhas Inspire

    8. Dicas incríveis para escolher entre os tipos de cortina

    Agora que você já conhece diversos tipos de cortina, é hora de conferir os principais pontos a que deve ficar atento para fazer uma ótima escolha.Confira as nossas dicas a seguir!

    Trilho

    Um dos trilhos mais recomendados para cortinas é o suíço, sendo a melhor opção para cortinas que vão até o teto e para quem prefere uma decoração mais formal e discreta.

    Ambiente

    Antes de escolher a sua cortina, vale medir não somente a janela mas também avaliar a estrutura da parede e do teto, a fim de conversar com um profissional e analisar quais são as melhores opções de cortina e suporte para o seu ambiente.

    Cores

    Escolher cores neutras para a sua cortina pode facilitar bastante a sua vida, devido à praticidade para combinar com outros objetos da decoração da sua casa e, ainda, gerar uma sensação de amplitude no ambiente.

    Sol

    Ter cortina é bom, mas não adianta perder a iluminação natural da sua casa. Então, vale pensar em formas de unir o útil ao agradável, escolhendo uma cortina que se adeque às suas necessidades e preferências sem escurecer totalmente o espaço.

    Comprimento

    O comprimento varia muito de acordo com o gosto pessoal de cada pessoa e com a decoração do ambiente, mas é válido ressaltar que a medida da cortina deve ser um pouco mais do que a da janela para evitar que ela fique franzida ou não se adeque da melhor forma ao local.

    Agora que já sabe tudo sobre tipos de cortina, aproveite para escolher qual você vai comprar para decorar a sua casa aqui na Leroy Merlin!

    Leia mais

    Cortina ou persiana?

    Dicas para te ajudar a escolher

    Persiana ou cortina para sala de apartamento: qual a melhor?

    Cortina para Escritório: Modelos Para Decorar o Seu Ambiente

    Cortinas sustentáveis feitas com materiais reciclados

    Cortina para cozinha: modelos e como escolher

    Artigos relacionados

    Botão Voltar ao topo