Dicas para economizar na hora da compra de material de construção

Publicidade Cupom Leroy Merlin

Dicas para economizar na hora da compra de material de construção

Ter uma casa nova é muito gostoso, mas o processo que leva até lá, não: mão-de-obra, materiais de construção e planejamentos especializados são caros, e todo o processo é bastante cansativo. A vontade é de economizar onde se pode, mas alto lá: nem sempre o barato compensa e decisões a respeito da qualidade dos seus materiais, por exemplo, devem ser bem pensadas. Aquelas estruturas e paredes ficarão lá por anos e anos, por isso é bom antecipar dores de cabeça e problemas futuros, mesmo que com orçamento limitado. Pensando nisso, o Casa de Verdade conversou com a arquiteta Cindy Maia e reuniu dicas preciosas para te ajudar a economizar nos lugares certos: é para fazer a sua obra sem quebrar o banco.

Qualidade X preço: como equilibrar na hora de comprar materiais de construção?

Dicas para economizar na hora da compra de material de construção

Materiais extremamente baratos costumam ser uma cilada, mas utilizar os mais caros e comprovadamente superiores nem sempre é viável. Por isso, escolha bem na hora de investir seu dinheiro. De acordo com Cindy Maia, “não optar pela qualidade na hora de escolheras tubulações, os materiais elétricos e aquela impermeabilização necessária, pode acarretar em danos futuros, retrabalho e gastos muito maiores. Isso porque eles terão que ser substituídos, então uma nova obra terá que ser feita e, nesse caso, o barato vai sair muito mais caro”, disse.

Mas não se desespere: os custos mais elevados em algumas partes da obra podem ser compensados em outras – e sem perder o estilo. Alguns materiais se destacam justamente por não necessitarem de revestimento ou pintura, aliando assim estética, modernidade, praticidade e economia. Entre esses estão o cimento queimado e o concreto aparente, por exemplo.”, diz a arquiteta. Porém, tome cuidado: o concreto é um exemplo de material que, mesmo que não necessite de acabamento, precisa de um cuidado especial – a impermeabilização. E com isso fica a dica: sempre preste atenção nas necessidades específicas de cada material porque isso pode ser o segredo do sucesso (ou fracasso) da sua obra.

Ouça sempre os profissionais

Dicas para economizar na hora da compra de material de construção

No final não tem jeito: você vai precisar consultar um bom profissional. Um segredo é deixar claro desde o começo que o orçamento da obra é baixo, para evitar frustrações das duas partes. Mas, mesmo assim, lembre-se que estruturas de custos baixíssimos nem sempre são viáveis. Outra parte importante e frequentemente desconsiderada é a sondagem do terreno, que permite a escolha mais eficiente dos materiais de construção. De acordo com a arquiteta, “a sondagem possibilita analisar e executar a melhor e mais indicada alternativa entre todos os tipos de fundação, evitando que haja retrabalho, desperdício de materiais e, assim, gastos extras”, disse. O que acontece é que, sem esse tipo de análise, a fundação e a própria estrutura da construção podem ser dimensionadas de maneira equivocada provocando todos esses problemas que ela falou aqui em cima.

Para uma construção mais rápida e controlada, use as casas moduladas ou pré-fabricadas

Obras são caixinhas de surpresas: quando você menos espera, um incidente faz com que os custos dobrem. Caso seu orçamento seja tão apertado que qualquer imprevisto pararia a construção por completo, casas moduladas ou pré-fabricadas são uma ótima opção. “Uma das principais características desse sistema é a agilidade, pois como as peças são feitas com antecedência, o tempo de montagem é muito inferior ao tempo de uma construção tradicional”, diz a especialista. Só tenha em mente as limitações trazidas por esse tipo de obra: os padrões de fabricação, como pé-direito, janelas e portas precisam ser seguidos. Mas se você seguir todas as nossas dicas e os conselhos da Cindy, existem grandes chances da sua obra ser um sucesso.

Dicas para economizar na hora da compra de material de construção

Ter uma casa nova é muito gostoso, mas o processo que leva até lá, não: mão-de-obra, materiais de construção e planejamentos especializados são caros, e todo o processo é bastante cansativo. A vontade é de economizar onde se pode, mas alto lá: nem sempre o barato compensa e decisões a respeito da qualidade dos seus materiais, por exemplo, devem ser bem pensadas. Aquelas estruturas e paredes ficarão lá por anos e anos, por isso é bom antecipar dores de cabeça e problemas futuros, mesmo que com orçamento limitado. Pensando nisso, o Casa de Verdade conversou com a arquiteta Cindy Maia e reuniu dicas preciosas para te ajudar a economizar nos lugares certos: é para fazer a sua obra sem quebrar o banco.

Qualidade X preço: como equilibrar na hora de comprar materiais de construção?

Dicas para economizar na hora da compra de material de construção

Materiais extremamente baratos costumam ser uma cilada, mas utilizar os mais caros e comprovadamente superiores nem sempre é viável. Por isso, escolha bem na hora de investir seu dinheiro. De acordo com Cindy Maia, “não optar pela qualidade na hora de escolheras tubulações, os materiais elétricos e aquela impermeabilização necessária, pode acarretar em danos futuros, retrabalho e gastos muito maiores. Isso porque eles terão que ser substituídos, então uma nova obra terá que ser feita e, nesse caso, o barato vai sair muito mais caro”, disse.

Mas não se desespere: os custos mais elevados em algumas partes da obra podem ser compensados em outras – e sem perder o estilo. Alguns materiais se destacam justamente por não necessitarem de revestimento ou pintura, aliando assim estética, modernidade, praticidade e economia. Entre esses estão o cimento queimado e o concreto aparente, por exemplo.”, diz a arquiteta. Porém, tome cuidado: o concreto é um exemplo de material que, mesmo que não necessite de acabamento, precisa de um cuidado especial – a impermeabilização. E com isso fica a dica: sempre preste atenção nas necessidades específicas de cada material porque isso pode ser o segredo do sucesso (ou fracasso) da sua obra.

Ouça sempre os profissionais

Dicas para economizar na hora da compra de material de construção

No final não tem jeito: você vai precisar consultar um bom profissional. Um segredo é deixar claro desde o começo que o orçamento da obra é baixo, para evitar frustrações das duas partes. Mas, mesmo assim, lembre-se que estruturas de custos baixíssimos nem sempre são viáveis. Outra parte importante e frequentemente desconsiderada é a sondagem do terreno, que permite a escolha mais eficiente dos materiais de construção. De acordo com a arquiteta, “a sondagem possibilita analisar e executar a melhor e mais indicada alternativa entre todos os tipos de fundação, evitando que haja retrabalho, desperdício de materiais e, assim, gastos extras”, disse. O que acontece é que, sem esse tipo de análise, a fundação e a própria estrutura da construção podem ser dimensionadas de maneira equivocada provocando todos esses problemas que ela falou aqui em cima.

Para uma construção mais rápida e controlada, use as casas moduladas ou pré-fabricadas

Obras são caixinhas de surpresas: quando você menos espera, um incidente faz com que os custos dobrem. Caso seu orçamento seja tão apertado que qualquer imprevisto pararia a construção por completo, casas moduladas ou pré-fabricadas são uma ótima opção. “Uma das principais características desse sistema é a agilidade, pois como as peças são feitas com antecedência, o tempo de montagem é muito inferior ao tempo de uma construção tradicional”, diz a especialista. Só tenha em mente as limitações trazidas por esse tipo de obra: os padrões de fabricação, como pé-direito, janelas e portas precisam ser seguidos. Mas se você seguir todas as nossas dicas e os conselhos da Cindy, existem grandes chances da sua obra ser um sucesso.

Publicidade Saldão Leroy Merlin

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo