Ferramentas

Como escolher a melhor serra tico-tico?

Você é do time que gosta de um DIY e está sempre fazendo projetos novos em casa? E sente a necessidade de ter uma ferramenta mais robusta que permita cortar os materiais de trabalho?

Então, talvez seja a hora de pensar em adquirir uma serra tico-tico.

O grande diferencial dessa ferramenta é o movimento das serras, em vai e vem, que gera cortes mais detalhados e curvados. Portanto, são ótimos para criar os arcos que têm ganhado espaço na decoração, ou renovar aquele móvel antigo e sem vida.

Porém, com tantos modelos no mercado, pode ser um desafio saber qual a melhor serra tico-tico para investir. Por isso, separamos algumas características para observar, na hora de fazer sua compra.

Assista também a este vídeo que vai te ajudar a entender como se usa uma serra tico-tico:

Melhor serra tico-tico: listamos as TOP 7

Nesta lista, separamos alguns modelos para diferentes necessidades. Como a serra tico-tico te acompanhará por muito tempo e em vários projetos, é importante que seja de qualidade.

Portanto, confira nossa seleção de melhores serra tico-tico em 2021:

1. Serra Tico-Tico NC500JS Dexter: Melhor custo-benefício

2. Serra Tico-Tico 500W 127V (110V) Dexter: Para hobby

3. Serra Tico-tico Bosch Gst 150 Bce: Para uso profissional

4. Serra Tico-Tico Makita Djv180rfe: Melhor à bateria (sem fio)

5. Serra Tico-Tico Einhell RT-JS: Para versatilidade de materiais

6. Serra Tico-tico Wesco WS3772U: Para materiais mais resistentes

7. Serra Tico-tico DW300 Dewalt: Para facilitar o corte

1. Serra Tico-Tico NC500JS Dexter: Melhor custo-benefício

O modelo Serra Tico-Tico NC500JS Dexter possui inúmeras funções extras, mesmo com um valor acessível, em comparação com outras no mercado. Por exemplo, ele tem regulagem de velocidade, para diversas aplicações, e punho ergonômico, para maior conforto e segurança.

Portanto, é uma excelente opção, para quem quer um produto de qualidade, mas que seja mais acessível que outros mais robustos no mercado.

• Potência: 600 W

• Controle de velocidade: Sim

• Uso indicado: Para compensados, drywall, madeira, MDF e plástico.

• Funções extras: Encaixe para aspirador (menos poeira durante o uso); base de apoio flexível para cortes irregulares (em ângulos de 45° e 90°); fácil fixação da lâmina; regulagem da velocidade; botão trava, para trabalhos de velocidade contínua; punho ergonômico.

2. Serra Tico-Tico 500W Dexter: Para hobby

Um modelo ainda mais em conta, que atende bem às necessidades de uso doméstico é esse da Dexter. Se você busca uma serra tico-tico para iniciar os projetos de DIY, essa é uma ótima escolha.

Afinal, você não precisa fazer um investimento inicial alto, e pode experimentar bastante, até aprender a manusear o objeto. Além disso, tem a garantia de uma ferramenta fácil de usar, que exige menos força e também ajuda na limpeza.

• Potência: 550 W

• Controle de velocidade: Sim

• Uso indicado: Para Compensados, Drywall, Madeira, MDF e Plástico.

• Funções extras: Profundidade de corte; ajuste de inclinação (ângulos de 45° e 90°).

3. Serra Tico-tico Bosch Gst 150 Bce: Para uso profissional

Caso a serra tico-tico seja para atividade profissional, recomendamos a serra tico-tico Bosch 150 Bce, com base robusta em alumínio. Afinal, além de quatro opções de avanço pendular, ela tem a potência necessária para cortes dos mais suaves, até os mais agressivos.

Outras vantagens são: velocidade variável (para diferentes materiais) e capacidade de corte de até 150mm. Sem contar no soft grip, para maior ergonomia e conforto de quem utiliza essa ferramenta por longos períodos.

Ou seja, de fato, é para quem busca um investimento mais certeiro, a longo prazo.

• Potência: 780 W

• Controle de velocidade: Sim

• Uso indicado: Aço, alumínio, madeira, MDF, drywall, plásticos e superfícies mais rígidas.

• Funções extras: Quatro opções de avanço pendular; velocidade variável; soprador turbo que mantém a linha de corte livre de serragens; botão trava, para trabalhos contínuos; soft grip, para maior ergonomia e conforto; constant electronic que mantém a velocidade, mesmo em sobrecarga; fácil sistema de ejeção de lâmina.

4. Serra Tico-Tico Makita Djv180rfe: Melhor à bateria (sem fio)

Caso o local que você irá cortar os materiais não tenha fácil acesso a tomadas, a serra tico-tico Makita Djv180rfe é uma ótima opção. Afinal, ela também tem outras funcionalidades dos melhores modelos com fios, como velocidade variável, coletor de pó e iluminação de trabalho.

Porém, a faixa de preço é mais elevada que a de outros modelos. Portanto, essa opção é mais interessante para quem precisa usá-la de forma profissional. A serra ainda é mais robusta, o que garante maior estabilidade, mas aumenta o seu peso.

• Potência: 18V

• Controle de velocidade: Sim

• Uso indicado: Madeira e aço.

• Funções extras: Velocidade variável; freio instantâneo; adaptável a coletor/aspirador de pó; corte orbital; encaixe T; iluminação de trabalho.

5. Serra Tico-Tico Einhell RT-JS: Para versatilidade de materiais

Se você gosta de se aventurar nos cortes em diferentes materiais, a serra tico-tico Einhell RT-JS pode ser uma alternativa atrativa. Afinal, ela possui velocidade eletrônica variável com pré-seleção, o que garante eficiência para trabalhos em várias superfícies.

Esse modelo é mais recomendado para quem irá usá-la profissionalmente, já que o preço é acima da média do mercado, e sua potência é superior a 550W.

• Potência: 750W

• Controle de velocidade: Sim

• Uso indicado: Compensados, Drywall, Madeira, MDF, Plástico e metal.

• Funções extras: Velocidade eletrônica variável com pré-seleção; trava para acionamento do gatilho; proteção plástica frontal da lâmina, para evitar acidentes; placa base de metal com proteção plástica para evitar riscos em materiais mais delicados; avanço pendular em 4 posições; ajuste angular sem necessidade de chave.

6. Serra Tico-tico Wesco WS3772U: Para materiais mais resistentes

Caso você precise cortar materiais mais resistentes, a serra tico-tico Wesco é a mais indicada, por sua alta potência de 850W.

Em comparação com outras do mercado, seu valor é mais acessível, mas isso não significa menor qualidade. Ela possui várias funcionalidades dos modelos mais robustos, além da facilidade de uso.

• Potência: 850 W

• Controle de velocidade: Sim

• Uso indicado: Para Compensados, Drywall, Madeira, MDF e Plástico.

• Funções extras: ajustável para cortes angulares; velocidade variável; ação pendular com 4 posições; sistema de troca de lâmina sem chave.

7. Serra Tico-tico DW300 Dewalt: Para facilitar o corte

Por fim, mas não menos importante, um dos modelos mais populares dos cortes impecáveis é a serra tico-tico DW300 Dewalt. Sua potência é excelente para projetos domésticos, e a ferramenta ainda possui ótimo apoio para facilitar o corte.

No mercado, já existe uma versão de 700W, caso você precise de algo mais profissional e possa fazer o investimento. Porém, a de 500W já apresenta resultados muito eficientes.

• Potência: 500W

• Controle de velocidade: Sim

• Uso indicado: Para Compensados, Drywall, Madeira, MDF e Plástico

• Funções extras: Iluminação de LED que permite visualizar a linha de corte em áreas mais escuras; sistema de limpeza com extração de pó; 7 níveis de ajuste de velocidade; sistema pendular com 4 ajustes.

Pra que serve uma serra tico-tico?

A serra tico-tico faz praticamente a mesma função do arco de serra ou serrote: executar cortes, em diferentes materiais rígidos. Pode ser em madeira, MDF, cerâmica, metal, drywall, entre outros. Por ser elétrica, ela exige menos esforço, além de oferecer a possibilidade de cortes curvos.

Quem acompanha as tendências de decoração já deve ter visto que, em 2021, as formas curvas estão com tudo. Com a serra tico-tico, é possível criar esses queridinhos móveis arredondados, painéis decorativos de madeira entre outras ideias inovadoras.

Por exemplo, o Gui e o Rafa, que transformaram a cozinha da Nyle Ferrari em dois dias. Nessa reforma, eles usaram a ferramenta para arredondar as prateleiras, que ficaram bem mais seguras (sem pontas) e estilosas.

Como escolher a melhor serra tico-tico?

Para escolher a melhor serra tico-tico, não tem segredo. Você precisa ter em mente o objetivo (é para hobby ou uso profissional?), a potência, velocidade, bateria e ergonomia.

Confira, a seguir, como essas características podem te ajudar a escolher um modelo mais adequado para a sua necessidade.

É para hobby ou uso profissional?

Antes de partir para as compras, a primeira coisa que você deve definir é se a sua serra tico-tico será usada para trabalhos profissionais ou apenas como um hobby.

Se você pretende usá-la como ferramenta de trabalho, os modelos mais robustos, completos e de maior potência devem ganhar a preferência.

Se você gosta de criar projetinhos de final de semana, um modelo mais compacto e simples – sem modo pêndulo ou ajuste de ângulo – já vai ser suficiente. Assim, você economiza no valor do investimento, além de garantir uma ferramenta mais leve de manusear.

Fique de olho na potência e na velocidade

Alguns dos atributos mais importantes de uma serra tico-tico são a velocidade e a potência. Afinal, irão interferir diretamente no seu trabalho, esforço e tempo de uso.

A regra é simples: quanto maior a potência do motor, maior a facilidade na hora de cortar materiais mais resistentes. A importância da velocidade está relacionada à precisão na hora do corte. Ou seja, quanto mais rápida, mais precisa.

A velocidade das serras é medida por GPM (golpes por minuto) e, geralmente, os modelos vêm com um número amplo de configurações.

Além disso, materiais exigem velocidades diferentes. Para cortar madeira, normalmente, o número é maior, enquanto para metais, uma velocidade baixa ou média será suficiente.

As lâminas da serra tico-tico também são diferentes, para cada tipo de superfície. Por exemplo, para madeira maçica, você terá que comprar um formato de lâmina, para metal outra, e assim por diante.

Se o uso da ferramenta é apenas para seu hobby, uma variação de 3 ou 4 velocidades e uma potência de até 400W pode ser a solução. Caso faça uso profissional, reserve as opções de até 7 velocidades diferentes e maiores potências (acima de 550W).

A serra tico-tico Bosch é uma que oferece modelos com potências tanto para profissionais quanto para as atividades de hobby. Continue a leitura, para descobrir nossas preferidas!

É melhor uma movida à bateria ou com fio?

Para decidir entre uma serra tico-tico à bateria ou à fio, você deve se perguntar: o local onde irei usá-la é espaçoso? Eu me movimento bastante? Qual é a disposição de uma tomada para a outra?

Se você tiver poucas tomadas à vista, e precisar se movimentar para diferentes locais, pode optar por um modelo que funcione com bateria. Geralmente, eles costumam ser mais indicados para uso profissional. Porém, verifique qual o tempo de duração do uso.

Se você trabalha em um local fixo, modelos com fio já resolvem o problema. Alguns possuem até três metros, então a mobilidade é suficiente para a maior parte dos casos. Só é importante se atentar para comprar uma versão compatível com a voltagem da sua oficina, combinado?

A ergonomia também é importante!

Você sabe o que significa a ergonomia de uma peça? Tem a ver com seu conforto, enquanto o equipamento é utilizado.

Antes de colocar a máquina no carrinho, faça um teste na loja com as posições que você já tem costume. Assim, poderá observar se ela é a opção mais agradável para seu corpo.

É importante que seu uso não force a coluna e que você consiga ter firmeza durante ele. Dessa forma, evita que o equipamento escape das suas mãos e cause um acidente.

Ter um botão de trava do gatilho também pode ser uma boa ideia. Afinal, você pode acioná-lo, enquanto faz um trabalho mais longo, para se cansar menos.

As serras tico-tico de bancada podem ser uma ótima opção, já que ainda exigem menor esforço manual. Como o nome já indica, esses modelos ficam apoiados sobre uma bancada, o que garante maior estabilidade. É o caso da serra tico-tico modelo 600W da Dexter:

Ah, e não esqueça de usar equipamentos de proteção individual (EPI), quando for utilizar uma, certo?

Se não sabe ainda como manusear a máquina, confira o vídeo da Paloma Cipriano, nossa rainha das ferramentas e parceira no canal Casa de Verdade:

Funções extras que garantem cortes mais precisos

Por fim, algumas funcionalidades adicionais podem ser relevantes, caso você busque por cortes com maior precisão.

Nesse sentido, as opções suplementares para se considerar são:

• Botão de velocidade contínua: diminui o esforço necessário para executar o corte.

• Luz embutida: ilumina o local a ser cortado.

• Laser: mostra o caminho do corte.

• Soprador de pó embutido: limpa a sujeira, enquanto ela é feita.

• Menor vibração: garante maior conforto no uso.

• Menor ruído: também existem serras tico-tico mais silenciosas.

• Sistema de troca rápida de lâminas: oferece mais rapidez no encaixe, já que não necessita de chave de fenda para a substituição.

• Ajuste de ângulo da base: proporciona melhor acabamento para cortes na diagonal.

• Avanço pendular em 3 posições: garante maior velocidade nos cortes.

Conclusão

Apesar de existirem várias opções no mercado, escolher a melhor serra tico-tico não precisa ser uma tarefa difícil. Temos certeza que esses sete modelos que selecionamos será um ótimo direcionamento, na hora da sua compra.

Para recapitular, leve em consideração sua necessidade com a ferramenta, o nível de potência que necessita e o investimento que pode fazer. Então, boa escolha, e arrase nos projetos, sejam eles profissionais ou o bom e velho DIY!

Leia mais:

Leroy Pra Toda Obra: Frete Grátis Em Ferramentas E Materiais De Construção

Os 22 projetos DIY mais criativos e funcionais do Casa de Verdade

O que comprar para a casa nova? 45 itens indispensáveis

Como escolher ferramentas profissionais?

Dicas básicas para fazer bricolagem

Tipos de alicate: conheça os 25 principais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo