Dicas

Vasos dão um toque especial ao ambiente

Vasos dão um toque especial ao ambiente As peças que servem de suporte para as plantas ganham cada vez mais destaque na decoração.

Trazer um pouco da natureza para perto da família é mais fácil do que se imagina, mesmo morando em imóveis pequenos. Para usufruir desse benefício, basta adquirir alguns vasos e colocar as suas plantas e flores neles, que, inclusive, tornaram-se protagonistas na decoração de um ambiente.

Basicamente, os vasos para plantas podem ser usados em todos os projetos de uma casa ou de um apartamento e tem papel importante em cada um deles. Há um vasto universo de opções das peças e de combinações decorativas. O importante é soltar a imaginação e deixar predominar aquela que mais combina com o seu estilo. Só não se esqueça de verificar o espaço onde os vasos decorativos ficarão para escolher o tamanho certo.

Mesmo sendo uma escolha pessoal, algumas dicas são importantes. No jardim externo, por exemplo, a aposta pode ser em peças maiores, como os vasos de cerâmica. Os vasos para o jardim vertical e os vasos para o jardim de inverno devem variar no tamanho: as peças menores podem ser instaladas em painéis verticais e as médias podem compor a parte térrea. Para esses casos, os modelos de resina ou os vasos de vidro podem dar um charme extra ao projeto. Já os vasos pequenos são ideais para compor a decoração de uma mesa ou da varanda.

Modelos mais comuns de serem usados


Os vasos podem ser feitos de inúmeros materiais. O mais comum, todavia, é o de cerâmica. Esse é um modelo poroso e, por isso, permite que a planta respire melhor e se adapte a qualquer temperatura. Se optar pelo modelo de plástico, outro tipo muito comum saiba que a peça é suscetível a um maior aquecimento. Por isso, lembre-se de que a planta precisará de mais água e não deverá ficar exposta ao sol.

Anote aí algumas dicas essenciais


– Informe-se a respeito da planta que será cultivada no vaso para escolher o tamanho ideal da peça. Essa pesquisa será importante também para conhecer os cuidados necessários de cada espécie;
– As samambaias, por exemplo, apresentam bom crescimento e, por isso, seus vasos devem ser de médio ou grande porte;
– No caso das orquídeas, adquira sempre um vaso somente um pouco maior do que a planta, pois essa espécie gosta de ficar “apertada” neles. Com o tempo, será preciso replantá-la em uma peça maior;
– As plantas cultivadas em vaso devem receber adubação a cada dois meses;
– É importante manter os vasos longe do alcance das crianças e de animais de estimação, pois pode ser perigoso para eles;
– A água dos vasos não pode ficar acumulada, pois isso interferirá no desenvolvimento da planta. Entre o vaso e o prato, use areia ou uma espuma de poliuretano para absorver o excesso da água;
– A manutenção da maioria dos vasos é simples: somente com pano úmido, sem a necessidade de produtos abrasivos, qualquer substância natural ou fabricada para polir.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo