Paulo Biacchi aceitou o desafio de reformar uma cozinha pequena

Publicidade Cupom Leroy Merlin

Antes de sair por aí dizendo que sua cozinha é pequena, você precisa ver a dessa quitinete, com 2 metros de comprimento, por 1,40 metro de largura. E o designer Paulo Biacchi topou o desafio de decorar o espaço, gastando pouco e reaproveitando itens que já existiam no cômodo.

Paulo explica que para decorar espaços muito pequenos, é preciso fazer um bom planejamento, de maneira que cada cantinho seja muito bem aproveitado. Assim, vai ter espaço para bancada, geladeira e cooktop, itens indispensáveis em qualquer cozinha.

Antes e depois da cozinha pequena da quitinete: antes da reforma o ambiente era sem luz, sem graça e sem vida

1 – As portas do armário foram pintadas para dar vida à cozinha

Como a ideia era reaproveitar o máximo possível de móveis que já estavam na cozinha, Paulo decidiu manter os armários. Para dar mais de vida e personalidade ao espaço, ele foi todo pintado com uma tinta multissuperfície rosa.

Para não precisar trocar os armários, a opção foi pintar de rosa os móveis que já eram da casa

2 – Além de cor, o armário ganhou puxadores novos

Uma dica boa para mudar o visual da cozinha é trocar os puxadores antigos do armário. Paulo escolheu um modelo branquinho, minimalista, que combinou muito bem com o rosa. A instalação é super simples e você mesmo pode fazer em casa.

A troca de puxadores é um solução simples e barata para mudar a cara do móvel da cozinha

3 – Mudança de planos no meio da reforma: o rosa do armário invadiu as paredes

Com um pé direito muito alto, a pintura do armário não deu tanto impacto na decoração. Por isso, o Paulo decidiu vazar a tinta também para a meia parede do cômodo. Qualquer pedaço em branco da altura do armário para cima foi pintado com a mesma tinta epóxi do armário. Agora, a cozinha ganhou personalidade e ficou mais aconchegante!

O rosa do armário invadiu as paredes e trouxe mais personalidade ao ambiente

4 – O que fazer com uma bancada que não combina com nada?

No início, a ideia era deixar a bancada na pedra original, mas à medida que a reforma foi andando, deu para perceber que ela não combinava com nada na cozinha nova. A essa altura do campeonato, trocá-la era uma opção inviável. Paulo, mais uma vez, apostou na tinta para ressignificar um item antigo.

*A bancada antiga, feita em pedra escura, acabou não combinado com a nova decoração da cozinha. A solução do Paulo foi cobri-la com tinta branca *

5 – Sai fogão, entra cooktop

Para ganhar espaço, o fogão tradicional, que limitava o acesso à pia, foi substituído por um cooktop de duas bocas. A área onde ficava o fogão ganhou um carrinho multiuso de madeira para acomodar eletrodomésticos e utensílios de cozinha.

O fogão cooktop de duas bocas é super funcional e libera espaço na bancada. É a opção ideal para cozinhas pequenas

6 – Iluminação retrozinha e decoração funcional

Sem um ponto de luz do teto, apenas na parede, a saída para iluminar o espaço foi usar uma arandela com design retrozinho. Para decorar e ampliar o espaço para guardar coisas, as paredes ganharam prateleiras de madeira pinus.

Para completar, torneira fosca dourada, porta-detergente novo, potinhos de tempero e uma jiboia, que foi pendurada do teto para dar um charminho e esconder o registro aparente.

Em cozinha pequena, a decoração precisa ser funcional. Prateleiras de madeira deixam o ambiente charmoso, mas também acomodam temperos e utensilios

7 – A geladeira antiga ficou, mas ganhou um banho de tinta

Nem a geladeira antiga escapou da tinta rosa. Além de integrar o eletrodoméstico à nova decoração da cozinha, a tinta escondeu os risquinhos e descascados. Quer repetir a ideia em casa? O Paulo Biacchi fez um passo a passo de como pintar a sua geladeira com tinta epóxi.

Publicidade Saldão Leroy Merlin

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo