DicasSustentabilidade

Construção seca permite obras rápidas e sustentáveis

Conheça os sistemas drywall e steel frame

Nada de sujeira, de acúmulo de tijolos nem de demora na obra. A construção seca, método que não utiliza argamassa e permite economia de água na execução das edificações, ganha cada vez mais espaço no mercado. As principais vantagens são o fácil manuseio das estruturas de aço, o fato de ser mais sustentável e o ganho de espaço na construção – uma vez que esse tipo de peça tem menor espessura se comparado a paredes de alvenaria.

Surgido nos EUA, em 1830, o conceito de construção seca nasceu graças à alta demanda de casas por consequência do crescimento da população naquela época. Por lá, o primeiro método utilizado foi Wood Frame, no qual se utilizavam painéis de madeira reflorestada para as bases das paredes. Anos depois, sugiram o drywall e o steel frame. Conheça mais sobre cada um desses sistemas de construção a seco.

Drywall

Drywall

Disponível no Brasil desde a década de 90, a parede seca substitui os muros convencionais em construções de residências, de prédios ou de imóveis comerciais. Trata-se de chapas de gesso que são parafusadas em uma estrutura de aço galvanizado. O drywall, no entanto, não pode ser utilizado em paredes estruturais.

O sistema de construção a seco divide-se em dois grupos de produtos: as chapas de drywall, que possuem espessuras de 10 mm a 60 mm, e os perfis e lã de rocha, lã de vidro e/ou lã de pet. Esses últimos três itens são componentes responsáveis pelo e isolamento térmico e acústico e os perfis pela estruturação da parede, respectivamente.

Steel frame

Steel frame

O steel frame é formado por perfis de aço estruturais e, tem como principal material estrutural o aço galvanizado. A estrutura da obra é montada com diversos produtos como perfis de aço, chapas, entre outros.

No telhado, podem ser utilizadas algumas opções de materiais, como telha Shingle (cuja composição é feita de manta de fibra de vidro saturada em asfalto e grânulos cerâmico) e OBS (telhas de madeiras reflorestadas).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo