Ferramentas

Como funciona uma máquina de solda? Entenda os diferentes tipos!

Soldagem com a Máquina de Solda Boxer

Materiais soldados fazem parte do nosso cotidiano, dos portões de garagem aos corrimãos metálicos dos prédios, mas você sabe como funciona uma máquina de solda? O que acontece para que aqueles metais estejam unidos com tanta intensidade?

Mesmo que você não saiba como usar máquina de solda, nós vamos explicar seu funcionamento de uma maneira simples e prática para facilitar sua compreensão, além de mostrar os diferentes** tipos de máquina de solda** existentes no mercado. Continue conosco!

Funcionamento das máquinas de solda

Por haver diferentes tipos de solda e diferentes máquinas para soldagem, é importante abordá-los separadamente para entender os detalhes de cada um deles. Confira:

Como funciona máquina de solda elétrica?

Para começo de conversa, é importante fazermos uma observação sobre este termo. Como o nome indica, as máquinas de solda elétricas são aquelas que funcionam ligadas a alguma fonte de energia elétrica, mas isso não está necessariamente relacionado à sua forma de funcionamento.

Tanto as máquinas de solda inversoras quanto as transformadoras são elétricas, mas cada uma dessas duas possui um funcionamento específico, o qual será explicado mais adiante. Elas diferem das máquinas de solda a gás, por exemplo.

Portanto, para além de pesquisar como funciona uma máquina de solda elétrica, é fundamental saber em qual categoria ela se encaixa para realmente entender como se dá este funcionamento.



Como funciona máquina de solda transformadora?

As máquinas de solda transformadoras são bem simples, já que não contam com tanta tecnologia. Basicamente, elas são transformadores convencionais, como os que são usados para usar equipamentos 220V em redes 110V, mas com dois cabos na saída preparados para os processos de soldagem.

As transformadoras só produzem corrente alternada (AC ou CA) na saída e, por isso, podem ser usadas apenas para soldar eletrodos “E6013/OK46”, o que a torna bem limitada e pouco versátil.

Como são bem rudimentares em relação à tecnologia, que quase não existe, elas sofrem com problemas simples, como o fato de o eletrodo poder grudar na peça caso a rede elétrica sofra alguma instabilidade e não entregue os 220V necessários para seu funcionamento.

Além disso, elas geralmente precisam ser ligadas direto no padrão de energia, aquele conjunto de instalações elétricas com caixa de medição, sistema de aterramento, acessórios e condutores, pois consomem muita energia e poucas residências possuem cabeamentos compatíveis instalados.

Como funciona máquina de solda inversora?

Diferente das transformadoras, as máquinas de solda inversoras, também chamadas de inversoras de solda, possuem toda uma estrutura eletrônica, parecido com o que existe nos computadores.

Basicamente, essa eletrônica consiste em quatro componentes principais: capacitor, diodos, IGBT (Insulated Gate Bipolar Transistor, ou Transistor Bipolar de Porta Isolada) e o transformador principal. Quanto maior for a qualidade do conjunto, melhor será o desempenho do equipamento e sua durabilidade.


A inversora transforma a energia de entrada (110V ou 220V) de corrente alternada para corrente contínua (DC ou CC). Em seguida, induz uma alta corrente de saída por meio de seus semicondutores de potência e, então, estabiliza o arco elétrico para que a solda seja macia e estável.

Como a saída está em CC, é possível soldar eletrodo revestido de qualquer tipo, o que faz com que sua versatilidade e aplicabilidade seja incomparavelmente maior do que nas máquinas transformadoras de solda.

Outro ponto que se destaca é que o fato de induzir uma corrente elevada permite que o tamanho do transformador seja bem reduzido, o que faz com que as inversoras também sejam bem menores e mais leves que as transformadoras.

Além disso, todas as tecnologias que o equipamento possui fazem com que ela ofereça uma ampla gama de recursos que não aparecem nas transformadoras de solda, o que é excelente para aumentar tanto a produtividade do soldador quanto a qualidade do seu trabalho.

Como funciona máquina de solda multiprocessos?

Também é possível encontrar no mercado as chamadas máquinas de solda multiprocessos. Estes equipamentos são super versáteis, capazes de operar com vários processos de solda, como MIG-MAG com arames sólidos, arame tubular autoprotegido, eletrodo revestido e TIG de raspagem, por exemplo.

Basicamente, elas reúnem as funcionalidades de várias máquinas em apenas uma, o que as torna um excelente investimento para empresas, indústrias e profissionais que se deparam com diferentes necessidades em sua rotina de trabalho.

Embora possam ser chamadas de multiprocessos, essas máquinas possuem seu projeto baseado nas inversoras de solda, com a diferença de que são compatíveis com um maior número de processos de soldagem.


Diferentes tipos de máquinas de solda operam também de maneira diferente

Embora o objetivo das máquinas de solda seja o mesmo, seu funcionamento varia bastante de acordo com o tipo. Isso permite que o soldador profissional sempre tenha ao seu lado o melhor equipamento possível para o que procura.

Entre os tipos de máquinas de solda de que comentamos, as transformadoras são as menos eficientes, já que se baseiam em componentes bem simples e que não trazem o nível de precisão e eficiência que os soldadores precisam, além de consumirem muita energia elétrica e operarem com apenas um tipo de eletrodo.

As inversoras de solda são ótimos equipamentos, ao passo que as máquinas multiprocessos também são inversoras, com a diferença de que são compatíveis com uma maior gama de processos de soldagem, o que coloca ambas em um merecido lugar de destaque no mercado.

É muito interessante saber como funciona uma máquina de solda, além das diferenças entre as máquinas de solda. É graças a todas essas tecnologias e aos recursos avançados presentes em cada uma delas que os soldadores profissionais conseguem fazer seu trabalho com tanta excelência!

Artigo escrito por Boxer Soldas em parceria com a Leroy Merlin!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo